Lagoa congratula empresas que receberam prémio PME

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa congratulou as empresas lagoenses que se destacam com o prémio PME de Excelência 2020 e PME Líder 2020. Para a edil lagoense, esta distinção é sinónima de excelência e constitui um bom exemplo para o tecido empresarial do concelho e simultaneamente, um estímulo para as demais empresas lagoenses.

O estatuto de PME de Excelência é um selo de reputação empresarial criado pelo IAPMEI, Agência para a Competitividade e Inovação, IP, que permite às empresas distinguidas relacionarem-se com os seus clientes, fornecedores, sistema financeiro e autoridades nacionais e regionais, numa base de confiança e de facilitação do negócio. Desse modo, para as empresas com um cariz internacional, ou que têm esta ambição, este estatuto é particularmente relevante, por constituir um fator de diferenciação, através da garantia de solidez e idoneidade das empresas.

FIT – Fabrico e Instalações Técnicas, Lda.; Miguel Rodrigues André, Sociedade Unipessoal Lda. e Ricardo Nuno Ferreira Martins Mota, foram as três empresas lagoenses distinguidas com o estatuto PME de Excelência 2020.

Estas empresas são, igualmente, selecionadas pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal, a partir daquelas que já possuem a distinção de PME Líder, obtendo assim o estatuto PME Excelência, que tem como principal objetivo conferir notoriedade às PME, no reconhecimento do mérito empresarial e contributo para os resultados da economia.

Por seu turno, as empresas lagoenses que receberam o estatuto de PME Líder 2020, foram Almério & Cordeiro CA, Lda.; Coprave – Sociedade Avícola, Lda.; Costa Pereira e Filhos, Lda.; Extremepage – Empreendimentos Turísticos, Lda.; FIT – Fabrico e Instalações Técnicas, Lda.; J.L.Machado – Distribuição de Produtos Alimentares; Miguel Rodrigues André, Sociedade Unipessoal Lda.; Ricardo Nuno Ferreira Martins Mota e Sicosta – Sociedade Industrial de Carnes, Lda.

Para aceder ao Estatuto PME Líder 2020, as empresas devem ser consideradas empresas PME, de acordo com a Recomendação da Comissão Europeia. Assim sendo, este estatuto distingue o mérito das PME nacionais, atestando o cumprimento de um conjunto de critérios que como micro, pequena e média empresas apresentam e com indicadores reveladores de fiabilidade, rigor e crescimento, demonstrativo de um empenho superior. Esta distinção está associada a um conjunto de benefícios, como o acesso a produtos financeiros, a uma rede de serviços, a facilitação da relação com a banca e a um certificado de qualidade para as empresas na sua relação com o mercado. Efetivamente, um dos principais objetivos, passa por estimular a eficiência do processo de intermediação bancária e potenciar o alargamento do mercado de capitais a empresas de dimensão intermédia.

AA/CML