Lagoa desenvolve projeto de equitação terapêutica

A Câmara Municipal de Lagoa, em parceria com a empresa Equitur e com as Escolas Básicas Integradas de Lagoa e de Água de Pau e a Escola Secundária de Lagoa, arrancou a 2 de novembro, com o projeto, no âmbito da educação especial, de Equitação Terapêutica.

Este projeto irá envolver 29 alunos do Regime Educativo Especial, que frequentam o Programa Ocupacional, o Uneca Ocupacional, o Uneca DOV e o Programa Socioeducativo. Assim, participarão 11 alunos da Escola Básica Integrada (EBI) de Água de Pau, 6 da EBI de Lagoa e 12 da Escola Secundária de Lagoa.

Com este projeto, a edilidade pretende implementar mais uma iniciativa focada na educação não formal, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento motor e cognitivo dos alunos com necessidades educativas especiais. Através do contato com o animal, neste caso com o cavalo, e com a abordagem corporal, os alunos poderão desenvolver uma influência física e pedagógica, com noções elementares necessárias aos processos de aprendizagem.

De salientar que, a Equitação Terapêutica visa fomentar a conquista da autonomia; o domínio do controlo gestual; integrar as noções de base necessárias às aprendizagens da criança (noções espaciais e temporais); incentivar a ação motora e/ou psicomotora; implementar/reforçar as aquisições e aumentar a autoestima.

As aulas de equitação terapêutica irão decorrer todas as terças-feiras, das 9h00 às 13h30, e serão ministradas pela empresa lagoense Equitur, com o apoio dos professores de educação especial.

AA/CML