Lagoa junta-se à guarda costeira dos EUA para limpeza costeira e de trilho pedestre

A Câmara Municipal de Lagoa, participou numa ação de limpeza na zona balnear não vigiada do Cerco, na Caloura, em Água de Pau, através do Centro de Educação e Formação Ambiental de Lagoa (CEFAL) e no trilho da Janela do Inferno, Remédios, através da Casa da Água Trail Point. Esta iniciativa surgiu a convite do Consulado dos Estados Unidos da América, no âmbito da visita do veleiro Cutter Eagle da Guarda Costeira Norte Americana à ilha de São Miguel.

O Cutter Eagle da Guarda Costeira chegou a Ponta Delgada no passado sábado, dia 22 de maio e encontra-se atracado no cais norte do terminal de cruzeiros, onde esteve aberto ao público para visitas gratuitas durante o dia 24. Com 90 metros de comprimento, é o maior veleiro e o único “square-rigger” ativo do Governo dos Estados Unidos da América. O veleiro tem servido como sala de aula no mar para futuros oficiais da Guarda Costeira desde 1946, oferecendo uma liderança no mar e experiência de desenvolvimento profissional como parte do currículo da Academia da Guarda Costeira.

Esta iniciativa, limitada no número de participantes devido às condicionantes impostas pela pandemia e que contou com a presença da Cônsul dos Estados Unidos da América nos Açores, Kathryn Hammond, teve por finalidade, além da limpeza em si, sensibilizar os cadetes americanos para a importância da conservação da natureza, independentemente do local onde nos encontramos e, ao mesmo tempo, para os efeitos nocivos do lixo marinho, identificado como um dos grandes problemas ambientais da atualidade.

Foram, desta forma, recolhidos cerca de 72 quilos de resíduos, entre a orla costeira (25 quilos, dos quais maioritariamente microplásticos) e no trilho pedestre da Janela do Inferno (47 quilos).

De referir que a autarquia da Lagoa, através do CEFAL tem, normalmente, no seu plano anual várias limpezas da orla costeira no concelho. Todos os anos, antes da abertura da época balnear, a Câmara Municipal de Lagoa organiza ações de limpeza na orla costeira, em várias zonas balneares vigiadas e não vigiadas do concelho, como os Poços da Atalhada, as Piscinas Naturais, a Baía de Santa Cruz, o Portinho de São Pedro e o Cerco, na Caloura, Água de Pau.

Em 2019, foram recolhidos 230 quilos, com a participação de dezenas de voluntários e de várias instituições e entidades. Em 2020, foi realizada uma ação de limpeza pela equipa do CEFAL, em conjunto com a Junta de Freguesia de Santa Cruz, onde foram recolhidos 75 quilos de resíduos, sendo na sua maioria plásticos e cordas.

AA/CML