Lima defende políticas de estímulo à natalidade na Região

O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores considerou que o “desafio demográfico” atual obriga o “poder público a delinear políticas sociais e de família de estímulo à natalidade”. 

Artur Lima falava, na Calheta de São Jorge, à margem da assinatura de uma adenda a um contrato de cooperação valor-cliente entre a Vice-Presidência do Governo e a Casa de Providência de São José, na valência de creche. 

Para o governante, a valência de creche assume “especial importância no contexto local e regional”, tendo em conta que “facilita a conciliação entre a vida profissional e a vida familiar” e permite que haja um “planeamento familiar previsível”. 

Segundo Artur Lima, a estratégia do Executivo Regional passa por a “médio e longo prazo” tornar as creches “gratuitas na Região Autónoma dos Açores”.

Na visita à Casa de Providência de São José, o Vice-Presidente do Governo procedeu ainda à entrega de um minibus de 18 lugares à instituição, no valor de cerca de 48 mil euros. A viatura vem, segundo o governante, “colmatar as necessidades ao nível de transporte das crianças que frequentam estas valências sociais”. 

Artur Lima terminou a visita à instituição, anunciando que, em breve, o Governo Regional irá adquirir um imóvel no valor de cerca de 337 mil euros para “instalar em definitivo a valência de Casa de Acolhimento Residencial para jovens e crianças”. 

AA/GRA