Limpeza costeira e subaquática na baía da Praia da Vitória envolve cerca de quatro dezenas de voluntários

A Câmara Municipal promoveu uma ação de limpeza costeira e subaquática na baía da Praia da Vitória, que contou com o apoio de cerca de quatro dezenas de voluntários, em prol da sustentabilidade ambiental.

Em colaboração com as entidades “Octopus Diving Center”, “Rope Adventures” e Junta de Freguesia de Santa Cruz, foram recolhidos 370 quilos de resíduos, maioritariamente plásticos, latas, bocados de madeira, cigarros, cordas, entre outros.

Para Raquel Borges, vereadora na Câmara Municipal da Praia da Vitória com o pelouro do Ambiente “esta iniciativa, que resulta da união de esforços da comunidade, é de extrema importância na minimização do impacto gerado no ambiente, sensibilizando as novas gerações que participaram na recolha de resíduos”.

“Sensibilizar os jovens para os efeitos nefastos das más práticas ambientais é o nosso dever, enquanto cidadãos e responsáveis municipais, e nesta ação foi notório este trabalho, algo que nos permite alcançar a sensação de dever cumprido”, afirma a responsável municipal praiense.

Raquel Borges sublinha a presença de todas as pessoas que se dedicaram à recolha de resíduos na baía da Praia da Vitória, com o intuito de reforçar a qualidade de vida de todos os que frequentam este local.

Esta iniciativa está integrada no âmbito da Feira de Ambiente, que decorre até 05 de junho, com palestras online sobre o ambiente e a exposição “Agir em prol da natureza” no Centro de Interpretação Ambiental do Paul da Pedreira do Cabo da Praia. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feiras, das 09h00 às 16h00 e, aos fins-de-semana e feriados, entre as 14h00 e as 17h00.

AA/CMPV