Madalena inaugura primeiro centro local de apoio à integração de migrantes do Pico

encontra-se inaugurado o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), da Madalena, que irá funcionar na antiga sede da Junta de Freguesia da Madalena.

A anteceder a inauguração do espaço, que contou também com a presença do Diretor Regional das Comunidades, foi assinado um Protocolo de Cooperação entre o Município da Madalena, o Alto Comissariado para as Migrações e a Associação dos Imigrantes nos Açores, formalizando a criação do CLAIM.

Criado com o intuito de promover interculturalidade a nível local, o CLAIM da Madalena irá assumir-se como uma porta aberta, dando uma resposta integrada de todos os serviços, nas mais diversas áreas como saúde, a educação, a legalização, a segurança social, a habitação e a formação profissional.

Defendendo que “maior proximidade é melhor integração”, o Presidente da Câmara Municipal, considera a abertura deste centro “um importantíssimo passo na promoção da inclusão social, na afirmação dos direitos humanos como motor da cidadania, na construção de um Concelho aberto, intercultural e coeso”.

Com quase 500 imigrantes a residir na Ilha, ou seja cerca de 15 por cento do total de estrangeiros a viver nos Açores, o autarca acredita que a inauguração do CLAIM da Madalena “é um forte contributo para a construção de um Concelho mais inclusivo, onde a diversidade é um valor e a igualdade de oportunidades é um objetivo sempre presente”.

Por sua vez, a Secretária de Estado para a Integração e as Migrações manifestou a sua satisfação pela prontidão com que a edilidade respondeu ao desafio da criação de um CLAIM na Madalena.

AA/CMM