Madalena solidária com o povo ucraniano

Num gesto simbólico de solidariedade com a Ucrânia, o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes da Madalena colocou na sua fachada a bandeira ucraniana, expressando o seu total apoio ao povo daquele país invadido por forças militares russas, no final de fevereiro.

Condenando o ataque russo que “faz a Europa regredir aos anos mais negros da sua história”, José António Soares, líder da autarquia madalenense, responsável pelo CLAIM local, fez questão de manifestar a sua solidariedade com o povo ucraniano.

“Quero expressar à comunidade ucraniana no Concelho a nossa solidariedade. Estamos e continuaremos ao vosso lado, porque na Madalena não há estrangeiros. Há vizinhos. Somos união e a união faz a força”, salienta o edil, destacando ainda que a autarquia se associou a uma campanha de angariação de bens essenciais, e irá disponibilizar um ponto de recolha no Serviço Social e de Educação da edilidade, de forma a apoiar a Ucrânia e o seu povo.

AA/CMM