Manifesto ao Desperdício patente até 15 de junho na Sala de Exposições de Nordeste

A artista Catarina Alves inaugurou a 12 de maio, Manifesto ao Desperdício, sensibilização ambiental pela arte, uma exposição itinerante apoiada pela MUSAMI e que teve a colaboração especial do poeta Pedro Paulo Câmara, ficando patente na Sala de Exposições do Município de Nordeste, até 15 de junho.

A exposição é promovida pela MUSAMI, incidindo sobre um tema ligado à sua atividade e acreditando-se que a arte pode, também, ser utilizada com o propósito de sensibilizar para a temática da gestão de resíduos.

“Manifesto ao Desperdício” é o culminar do trabalho de pesquisa e experimentação desenvolvido nos últimos anos pela artista, partindo da reflexão sobre o seu legado e o impacto das suas ações, focando a problemática do excesso de resíduos como consequência do consumismo e explorando as potencialidades dos resíduos enquanto matéria.

Para a realização das obras foram utilizados diversos materiais, desde papel, cartão, plásticos usados (depositados nos ecopontos e centros de tratamento de resíduos), resina, substrato orgânico, pozolana e pó de pedra, tendo também o recurso a material audiovisual para a projeção de fotografias, vídeos e sons.

Estão igualmente expostos quatro poemas de Pedro Paulo Câmara criados para o projeto, bem como gráficos com dados relevantes sobre a gestão dos resíduos em São Miguel.

A frase de Antoine Lavoisier “na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma” deu o mote para a conceção do projeto onde, através de esculturas, desenhos, instalações, audiovisuais e poesia, pretende-se levar o visitante num percurso sensitivo, explorando as ideias de Caos, Fardo, Retorno, Metamorfose, Mitigação e Resiliência, começando por apresentar a degradação provocada pela acumulação do lixo, demostrando o trabalho que tem sido feito na gestão dos resíduos e finalizando com uma mensagem de esperança, motivando para a mudança para que tenhamos um mundo mais sustentável.

Na inauguração da exposição estiveram presentes o Diretor-Geral da MUSAMI, Dr. Carlos Botelho, e o Vice-presidente da Câmara Municipal de Nordeste, prof. Marco Mourão, bem como representantes do Governo Regional dos Açores, da GNR, da PSP e da EBS de Nordeste, entre outras entidades.

Ao longo dos próximos meses, a exposição irá ser exibida em todos os Concelhos da ilha de São Miguel.

AA/MUSAMI