Maria José Duarte convida residentes em São Miguel a redescobrirem Ponta Delgada através da GeoTour

A Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada convidou os residentes em São Miguel a redescobrirem Ponta Delgada através da sua GeoTour, caça ao tesouro que inclui as 24 freguesias e que associa georreferenciação, natureza, atividade física, conhecimento e informação sobre o concelho.

“À semelhança dos trilhos, que ganham cada vez mais admiradores locais atraídos pelas nossas belezas naturais, a ‘Ponta Delgada GeoTour’ é uma boa forma de aliar a contemplação e a atividade física ao conhecimento e à informação sobre o concelho. Convido, por isso, os residentes em São Miguel a redescobrirem Ponta Delgada, em família ou com amigos, através da nossa GeoTour, dinamizando, também desta forma, as nossas freguesias depois de um longo período de confinamento”, disse.

Maria José Lemos Duarte falava na abertura da Conferência “Literatura e Geocaching”, promovida pelo Clube de Geocaching da Escola Secundaria de Lagoa, que tem como coordenadores os professores Luís Filipe Machado e Marco Aurélio Pereira, parceiros do Município no lançamento da “Ponta Delgada GeoTour”.

Lançada em fevereiro do ano passado, a “Ponta Delgada GeoTour” (GT491) é composta por 45 caches, e cinco caches Joker, ativas e saudáveis, sobre temas criteriosamente selecionados, distribuídas pelas 24 freguesias, incluindo Literatura, Poesia, escritores e autores, ou seja, “sobre o que temos de melhor e o que nos valoriza”.

A “Ponta Delgada GeoTour” tem associadas 65 contas de geocachers/visitantes. Este número, porém, peca por defeito na medida em que, geralmente, as contas representam mais do que uma pessoa. Desde o seu lançamento, a “Ponta Delgada GeoTour” registou 219 visitas e somou 1236 pontos favoritos. Em termos de países, registou geocachers/visitantes de 14 países, sendo os mais representados Portugal, com 37 contas associadas, Alemanha, com 12, e Finlândia, com três.

Maria José Lemos Duarte considera, por isso, a “Ponta Delgada GeoTour” uma “aposta ganha”, sublinhando que esta iniciativa do Município “coloca Ponta Delgada no roteiro nacional e internacional de conhecimento e de informação”, reforçando a “progressiva notoriedade do concelho no segmento de destino turístico de atividades”.

“A ‘Ponta Delgada GeoTour’ valorizou a forma como Ponta Delgada se prepara para o turismo, através de uma nova forma de conhecer as nossas freguesias. Mas esta valorização não é só para quem nos visita de outros países, do Continente ou de outras ilhas. É também para aqueles que residem em Ponta Delgada ou em outro concelho de São Miguel e que nos visitam”, reforçou a Presidente da Câmara de Ponta Delgada.

AA/CMPD