Mestre João Silveira Tavares em exposição no Museu da Graciosa

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital, por via da Direção Regional da Cultura (DRC), através do Museu da Graciosa, promove a exposição “Mestre João Silveira Tavares – o Bote Baleeiro Açoriano: Uma Viagem e um Olhar”.

Patente ao público até dia 4 de agosto, a iniciativa integra-se num processo de reabilitação e divulgação do património baleeiro regional, através de uma produção expositiva, com caráter itinerante, do Museu do Pico.

A recuperação de uma parte significativa do património baleeiro dos Açores – botes e lanchas de reboque – deve ser considerada como um dos mais emblemáticos projetos de reabilitação patrimonial ao serviço da comunidade realizado nos últimos anos em Portugal.

O papel desempenhado por Mestre João Silveira Tavares ganha visibilidade e é reconhecido e destacado pela dimensão, abrangência geográfica e qualidade da sua obra, sendo um dos grandes construtores de botes baleeiros dos Açores, e o mais conhecido, estudado, divulgado e mediático à escala internacional como construtor de botes baleeiros no arquipélago.

A mostra pode ser visitada no horário de funcionamento do Museu da Graciosa, de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 17h30.

AA/GRA