Néveda apresenta seus amiguinhos em forma de cartaz a marcar o Dia do Animal

Néveda é a personagem criada por Terry Costa e ilustrada por Vera Bettencourt, baseada na flor da planta nêveda. O livro “Néveda nos Açores” está disponível em várias livrarias e online, assim como alguns produtos que foram produzidos baseados nessa menina-flor. 

Este outono, o cartaz “Néveda & Amiguinhos” é apresentado com o intuito de sensibilizar o público para cuidar e proteger o mundo animal. Programas com várias escolas já estão planeados e o cartaz está disponível através da associação MiratecArts para as escolas que o desejam adicionar às suas atividades. 

“Os amiguinhos da Néveda são todos animais que se encontram no nosso mundo” avança Terry Costa, “desde os animais mais comuns, entre nós, como a Branca e a Pascoelha que foram apresentados através dos cartões postais disponíveis, ou o burrinho Gracioso que primeiro apareceu no livro Néveda nos Açores.” Branca é inspirada na cadelinha da ilustradora, tal como agora também aparece o Fellini, inspirado pelo gato do autor e, ainda, a Memecas, inspirada pela ovelha que visitou o Azores Fringe Festival. 

Mico, o leão dourado, é um dos amiguinhos da Néveda aqui apresentados pela primeira vez. O mascote da conservação da biodiversidade brasileira entra no segundo livro das aventuras da Néveda, previsto para ser lançado ao público em 2022. O mico-leão dourado (Leontopithecus rosalia) está quase extinto dado a devastação da Mata Atlântica, no Estado do Rio de Janeiro, com menos de 1000 indívíduos sobreviventes da espécie.

Assim, com este cartaz, o projeto continua a incentivar para um mundo melhor e mais sensibilizado para o que nos rodeia. 

AA/MA