Nordeste emprega mais 50 pessoas ao abrigo dos programas ocupacionais

A Câmara Municipal do Nordeste assinou contratos de trabalho com mais 50 pessoas que se encontravam em situação de desemprego. A meia centena de desempregados foi colocada a trabalhar na câmara municipal através do programa ocupacional Prosa, da responsabilidade do Governo Regional dos Açores.

O presidente da Câmara Municipal do Nordeste, durante a assinatura dos contratos congratulou-se pelo facto da Direção Regional do Emprego ter aprovado para o Nordeste um número considerável de candidaturas, possibilitando através destes programas ocupacionais melhorar a situação económica de muitas famílias.

António Miguel Soares referiu também o esforço financeiro que os programas de emprego representam anualmente no orçamento camarário. Contudo, salientou, a autarquia não poderia desresponsabilizar-se do problema do desemprego no concelho e, por outro lado, os próprios serviços do município, sobretudo de obras, jardinagem e limpeza, carecem de mão-de-obra face à impossibilidade de contratação direta por parte da autarquia.

Com os contratos de trabalho celebrados hoje sobe para um total de 217 o número de ocupados a trabalhar atualmente na Câmara Municipal do Nordeste.

Alguns dos ocupados são cedidos pela autarquia a outras entidades do concelho, como escolas e IPSS, com vista a colmatar a escassez de funcionários e reforçar a qualidade dos respetivos serviços.

AA/CMN