Novo lote do vinho na “Gruta das Torres” em estágio a 17 metros de profundidade

Assinalando o décimo sexto aniversário do Centro de Visitantes da Gruta das Torres, a Adega Cooperativa da ilha do Pico promoveu ainda uma prova comentada do vinho, que estagiou no interior desta cavidade vulcânica, durante 15 meses.

As primeira garrafas da colheita de 2020 do “Gruta das Torres” foram colocadas em estágio, no interior do maior tubo lávico português, esta terça-feira, precisamente no dia em que o Centro de Visitantes da Gruta das Torres celebrou os seus 16 anos.

Comemorando a efeméride, foi ainda realizada uma prova de vinhos comentada pelo enólogo Bernardo Cabral do primeiro lote deste néctar etílico, que amadureceu durante 15 meses no fundo da gruta.

A edição limitada de 1183 garrafas, colocadas a estagiar nas entranhas do Pico, revelou-se um verdadeiro sucesso, pelo seu carácter diferenciador, com um terroir único no mundo.

Nascido num cenário mágico que reflete a singularidade da Ilha do Pico, o vinho “Gruta das Torres” foi concebido com uvas da casta Arinto dos Açores, criteriosamente selecionadas e provenientes das vinhas centenárias, plantadas em plena Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico, classificada como Património da Humanidade pela Unesco.

AA/CMM