“O Culto Mariano na Ilha das Flores” no Museu das Flores

A Direção Regional da Cultura (DRC), através do Museu das Flores, em parceria com a Ouvidoria das Flores, promove ao longo do mês de maio e de junho a realização da exposição temporária “O Culto Mariano na Ilha das Flores”.

A exposição pode ser visitada no horário de funcionamento do Museu das Flores: de terça a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

No mês dedicado a Nossa Senhora, e perante um atípico ano de ausência de eventos religiosos, o Museu das Flores e a Ouvidoria das Flores assinalam a efeméride com a presente exposição, patente na Igreja de São Boaventura, que reúne imagens de várias evocações pertencentes a todas as paróquias da ilha, cujos autores, génios das mais variadas áreas artísticas, buscaram inspiração na vida de Maria para criarem obras de arte de reconhecimento universal.

Recordando que D. João IV, em 1646, impôs a coroa de Portugal à Virgem Maria em sinal de agradecimento pela recuperação da independência face a Castela, a partir desta data nenhum rei ou rainha puderam voltar a usar a coroa real.

A imagem de Maria é uma presença, nas suas diversas referências, na totalidade das igrejas florentinas, contribuindo não só para aprofundar a fé cristã, como sendo motivo de orgulho dos seus paroquianos, que identificam a imagem da sua igreja no meio de quaisquer outras.

AA/GRA