Operação interilhas da SATA com mais 36 voos devido à “Tarifa Açores”

O Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia, identificou com a SATA a necessidade de se proceder a um reforço de 36 voos, na operação interilhas da empresa, devido à elevada procura pela “Tarifa Açores”, que entrou em vigor no passado dia 1 de junho.

A monitorização permanente sobre a procura por voos interilhas, permitiu ao Governo dos Açores e à SATA, confirmarem a evolução positiva dos últimos meses, com particular incidência em algumas rotas.

Assim, a Secretaria Regional identificou a necessidade de proceder a este quinto incremento da oferta contratada, ao abrigo do contrato de concessão do serviço público de transporte aéreo regular no interior da Região Autónoma dos Açores, entre 01 de abril e 30 de setembro de 2021.

O reforço de 36 voos agora estipulado, que se soma aos 169 voos extra já anunciados, é uma nova demonstração da pertinência e da importância desta iniciativa para o interesse público regional, para a mobilidade interilhas, a coesão territorial e social, e sobretudo, para dar resposta às necessidades evidentes da população dos Açores. 

Revela uma nota do executivo que é justo reconhecer a eficácia do modelo de monitorização e de resposta operacional implementado no sentido de harmonizar a resposta àquelas necessidades, mantendo-se uma capacidade de oferta que responde, também, à evolução da procura turística sem, contudo, perpetuar ineficiências de gestão.

AA/GRA