PDL Proximidade regressa em 2022 depois de ter sido interrompido devido à pandemia

Desde 2018 que técnicos da Divisão de Desenvolvimento Social da Câmara Municipal de Ponta Delgada trabalham, no terreno, nas freguesias mais afastadas da cidade, como Mosteiros, Sete Cidades, Ginetes, Candelária, Feteiras, Pilar, Ajuda, Remédios, Santa Bárbara, Santo António, Capelas, São Vicente Ferreira, Fenais da Luz e Covoada.

Um dos grandes objetivos desta iniciativa é proceder a um atendimento descentralizado pelas freguesias mais afastadas, permitindo, desta forma, uma maior proximidade com a população e facilitando o seu contacto com os serviços de Ação Social do Município.

Pretende-se, ainda, avançar com a descentralização e ter uma maior proximidade com os habitantes destas 14 freguesias, muitos dos quais não têm possibilidade de se deslocar à cidade de Ponta Delgada por questões de mobilidade e/ou financeiras.

Os atendimentos nas freguesias abrangidas ocorrem, conforme cronogramas pré-definidos, durante o período da manhã entre as 09h30 e as 12h00.

Este projeto foi interrompido devido à pandemia Covid-19, sendo o seu funcionamento retomado no ano em curso.

Trata-se de um programa inovador que aproxima os serviços sociais da Câmara Municipal de todos os munícipes do concelho de Ponta Delgada, nas sedes das suas Juntas de Freguesias.

Os interessados podem registar-se e proceder à respetiva autenticação através do portal http://www.cm-pontadelgada.pt/pages/1021, consultando a informação relativa a processos de que sejam titulares, bem como submeter formulários aos serviços por via eletrónica.

Podem, por outro lado, enviar um email para servicosonline@mpdelgada.pt ou ligar para o número 296 304 405, caso necessitem de ajuda no que respeita aos registos e autenticação nos serviços online da autarquia.

Este é mais um projeto que vai ao encontro das pretensões do executivo liderado por Pedro Nascimento Cabral e que pretende incrementar a descentralização e ter uma maior proximidade com os habitantes das freguesias mais afastadas do Concelho.

AA/CMPDL