Ponta Delgada leva a todos as escolas do 1.º ciclo do concelho “Aprender a Comer Brincando”

A Câmara Municipal de Ponta Delgada, através da Ludoteca Itinerante, está a levar ao longo o presente ano letivo e a todas as escolas do 1º Ciclo o projeto “Aprender a Comer Brincando”.

Tem como principal objetivo dar aos alunos do pré escolar e do 1º ano referências que lhes permitam fazer escolhas mais informadas e saudáveis.

Pretende ainda promover a associação entre hábitos alimentares saudáveis e a prática da atividade física enquanto componente fundamentais para o crescimento saudável.

O projeto conta com a colaboração dos dois animadores da Ludoteca Itinerante, de uma nutricionista e de um professor de Educação Física.

“Aprender a Comer Brincando” tem por base duas histórias que fazem parte do Plano Nacional de Leitura, “A menina que não gostava de fruta” e o “Menino que não gostava de sopa”, da autoria de Cidália Fernandes.

Numa primeira fase, é feita uma representação teatral das histórias. Depois, a nutricionista e o professor de Educação Física fazem circuitos nos quais, através de jogos, as crianças aprendem a necessidade e a importância de uma alimentação saudável e da prática de exercício físico.

A Ludoteca Municipal também trabalha as vertentes lúdica e criativa, criando as personagens da história através de fantoches de luva, possibilitando assim que as crianças recriem novas histórias.

Estas iniciativas são desenvolvidas ao longo do ano, sendo enaltecida pelas crianças e pelos professores, os quais consideram o tema interessante e importante para a comunidade escolar.

Além disso, a forma como o projeto é desenvolvido estimula a participação e a atenção das crianças.

Hoje, assinala-se o Dia Mundial da Obesidade.

A Câmara Municipal, presidida por Pedro Nascimento Cabral, considera de extrema importância continuar a combater o problema de excesso de peso e obesidade nos Açores, a região mais afetada a nível nacional, sendo que intervenções de educação alimentar deste género são indispensáveis.

A obesidade é uma doença complexa, com muitas causas profundas em toda a sociedade, tornando-se por isso necessário trabalhar em conjunto para encontrar soluções. Enfrentar as raízes da obesidade traz benefícios e dá oportunidade de levar uma vida mais feliz, mais saudável e mais longa.

AA/CMPD