Ponta Delgada respeitou integralmente Programa de Controlo da Qualidade da Água em 2020

O Programa de Controlo da Qualidade da Água (PCQA) para o concelho de Ponta Delgada, relativo a 2020, foi respeitado integralmente.

Durante o último ano, foram realizadas 306 colheitas, o que perfaz um total de 2.386 determinações com valor paramétrico, de acordo com dados dos Serviços Municipalizados de Saneamento e Água (SMAS) de Ponta Delgada.

A percentagem de não conformidades, no mesmo ano, cifrou-se em 0,13%, não tendo ocorrido nenhuma situação de risco para a saúde pública.

De salientar que também o plano de monitorização das captações, relativo a 2020, foi integralmente cumprido. Foram realizadas todas as análises físico-químicas e microbiológicas previstas para as nascentes e furos dos SMAS.

Relativamente ao PCQA 2021 para o concelho de Ponta Delgada, o mesmo já foi aprovado e tem sido respeitado na íntegra. Realizaram-se, desde o início do ano, 30 colheitas, perfazendo um total de 378 determinações com valor paramétrico.

Até à data, não ocorreu nenhuma situação de não conformidade.

Os SMAS deram início a um procedimento, por consulta prévia, na modalidade de adjudicação por lotes, para o fornecimento de análises físico-químicas e microbiológicas para monitorização da água destinada ao consumo humano entre os meses de fevereiro e dezembro de 2021, nos termos do mesmo programa aprovado pela entidade reguladora.

O PCOA é gerido pela ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos).

Recorde-se que o relatório anual da qualidade de água para consumo humano, relativo a 2019, Ponta Delgada que foi premiada, pela quarta vez consecutiva, com o “Selo de Qualidade da Água para Consumo Humano”. Um galardão atribuído pela ERSARA, pelo facto da entidade gestora ter atingido o patamar de excelência em qualidade da água.

AA/CMPD