Pôr-do-sol do emigrante em Santa Maria

O Município de Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, levou a cabo o “Pôr-do-sol do Emigrante” que contou com mais de 200 pessoas, no Forte de São Brás, com a organização e apoio do Clube Motard de Santa Maria e o acompanhamento musical de Roberto Freitas e Ernesto Bica, com reinterpretações do cancioneiro popular e tradicional da ilha.

A Presidente do Município ressalvou que este é um momento para “sentir os nossos sabores e viver as nossas tradições”, com um cocktail de final de tarde “com a degustação dos nossos produtos locais, valorizando o que é nosso, da mesma forma que podem matar saudades destes sabores e, até, conhecer novas abordagens dos nossos produtos”.

Segundo Bárbara Chaves, este pôr-do-sol caracteriza-se por ser um momento onde se pode partilhar as afinidades de e com Santa Maria, sublinhando que o Município olha para os seus emigrantes “como gente sempre da terra, que continua presente, mesmo quando está longe, e que continua a investir e a rever neste nosso cantinho um pequeno-grande paraíso”.

“Levam Santa Maria convosco e, dessa forma, levam-na mais longe; elevam a ilha, as suas gentes e os seus produtos a um patamar internacional”, frisou.

AA/CMVP