Praia Ambiente aumenta frequência de recolha de resíduos indiferenciados em todo o concelho

A empresa municipal Praia Ambiente vai otimizar a recolha de resíduos indiferenciados em todo o Concelho. A partir de 31 de maio, os residentes das freguesias e vila da Praia da Vitória passam a dispor de mais um dia de recolha de resíduos.

“Decidimos aumentar em mais um dia a recolha de resíduos indiferenciados a todos os praienses para que tenhamos um Concelho mais limpo e saudável. O reforço vai, também, permitir direcionar os recursos humanos e os equipamentos existentes para a maior higienização dos espaços públicos e dos equipamentos de recolha”, refere Tiago Ormonde, vereador da Autarquia Praiense, que preside ao Concelho de Administração da empresa municipal Praia Ambiente. 

Na área delimitada pela Estrada Militar e Volta do Paul até à rotunda do aeroporto, Vale Farto até à ponte e rotunda da Cruz do Marco e até à zona da Boavista, à recolha de resíduos indiferenciados feita à segunda-feira, quarta-feira, sexta-feira e aos sábados, junta-se uma recolha à quinta-feira. A recolha passará a acontecer entre as 6h30 e as 13h30, incluindo estabelecimentos comerciais e de restauração.

Nos Álamos Bravos, Casa da Ribeira, Cabo da Praia, Fonte do Bastardo, Porto Martins, Fontinhas e São Brás, à recolha na terça-feira e ao sábado, junta-se a recolha à quinta-feira.

No Juncal, Santa Rita, Serra de Santiago, Santa Luzia, Vila Nova, Agualva, Quatro Ribeiras e Biscoitos, com recolha de lixo indiferenciado à segunda-feira e à sexta-feira, junta-se mais uma recolha à quarta-feira.

Na Vila das Lajes, nas Canada das Fontinhas, Rua do Lajedo, Rua do Ramo Grande (da rotunda até à Rua do Lajedo), Rua Nossa Senhora de Fátima, Rua de São João, Rua do Picão, Travessa do Picão, Rua Doutor Avelino Meneses, Rua dos Fundões, Rua dos Lourais, Rua Padre Gregório Bettencourt Rocha e Rua do Poço a recolha será feita à terça-feira, quinta-feira e ao sábado. Nas restantes ruas da vila, o processo é feito à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

“Desde 2017 que temos vindo a expandir os nossos serviços de recolha, sempre com o objetivo de ir ao encontro das necessidades dos nossos clientes. Temos trabalhado afincadamente para poder prestar um serviço com maior qualidade a toda a população e preocupamo-nos cada vez mais com a saúde, o bem-estar e a segurança de todos os munícipes, daí implementarmos, agora, esta alteração”, salienta o responsável municipal citado numa nota enviada às redações.

AA/CMPV