Presidente do Governo destaca importância do setor primário para a sustentabilidade económica, social e ambiental da Região

Segundo o Presidente do Governo, o setor primário é decisivo para a economia regional, precisamente ao nível da sustentabilidade ambiental económica e social.

Após uma audiência com o Conselho de Administração da Unileite, no Palácio de Sant’Ana, o chefe do Executivo açoriano referiu que “a excelência do nosso produto e da nossa capacidade produtiva deve ser uma mais-valia para tranquilizar o consumidor a ter preferência no que é nosso.”

“Confio, enquanto Presidente do Governo e enquanto cidadão, na excelência do nosso produto lácteo”, frisou, adiantando que é preciso “ter a capacidade reformista para traçar linhas de orientação para o futuro no setor primário, designadamente na fileira do leite.”

De acordo com o Presidente do Governo, “é preciso definir estratégias relativamente à diminuição dos custos de contexto para a produção, transformação e expedição do produto, assim como é necessário valorizar a receita do produto vendido, e com isso conseguir equilíbrios na distribuição de rendimento entre estes três segmentos desta cadeia de negócio: o produtor, o industrial e o comercial.”

José Manuel Bolieiro sublinhou, na ocasião, que é fundamental “equidade, justiça e solidariedade” entre produção, transformação e comercialização, sendo que o Governo está disponível para ser “um parceiro auxiliar destes entendimentos e desta melhoria de rendimentos para todos.”

O novo período de programação financeiro de apoio para a economia 2020-2027, assim como o instrumento de Recuperação e Resiliência da União Europeia serão importantes para garantir esses objetivos.

AA/Gacs