Presidente do Governo diz que Açores receberão “de braços abertos” ucranianos que procurem a paz

O Presidente do Governo Regional dos Açores sublinhou que a região acolherá “de braços abertos” os ucranianos, nomeadamente de famílias que já residam nos Açores, que queiram procurar a paz e fugir do atual conflito armado no seu país.

“Será de braços abertos que a Região Autónoma dos Açores receberá os ucranianos que decidam vir à procura de paz viver nos Açores”, sublinhou o governante, deixando ainda um renovado apelo, em nome dos Açores, à paz no leste europeu.

José Manuel Bolieiro declarou ainda ter a expetativa que se possam ver em breve “passos significativos” no regresso da paz à Ucrânia.

O Presidente do Governo falava após ter recebido, em audiência, o novo Comandante Operacional dos Açores, Tenente-General Luís António Morgado Baptista.

Na ocasião, José Manuel Bolieiro desejou sucessos ao responsável e declarou que este pode contar com “toda a colaboração que estiver ao alcance do Governo Regional”.

José Manuel Bolieiro recebeu o convite para participar na celebração do dia festivo do Comando Operacional dos Açores, em março, e reiterou o contentamento pelo facto de, este ano, o Dia do Estado-Maior-General das Forças Armadas – 3 de setembro – ser assinalado nos Açores.

Do currículo académico do Tenente-General Luís António Morgado Baptista, para além da Licenciatura em Ciências Militares, pela Academia Militar, do Curso de Estado-Maior, pelo Instituto de Altos Estudos Militares e do Curso de Promoção a Oficial General, pelo Instituto de Estudos Superiores Militares, destacam-se, entre outros, a Licenciatura em Gestão de Empresas, no ISLA, o “Joint Warfafe Course” no “Maritime Warfare Centre”, Portsmouth, Reino Unido, e o “Senior Course” do Colégio de Defesa da NATO, Roma, Itália.

Do seu registo disciplinar constam diversos louvores e condecorações.

AA/GRA