Presidente do Governo enaltece nordestense João de Melo no dia da reabertura do seu espaço cultural

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, enalteceu no domingo, na sessão de reabertura da Casa João de Melo, a obra do escritor nordestense, um orgulho “para a Açorianidade e a Lusofonia”.

Para José Manuel Bolieiro, é “honroso para um povo e para um lugar” que uma das “suas virtuosas personalidades” se inspire “na sua identidade, origem, raiz”, como o faz João de Melo, nordestense da freguesia da Achadinha.

O Presidente do Governo esteve presente na sessão cultural que marcou a reabertura da Casa João de Melo.

A sessão surgiu na sequência dos melhoramentos que o município do Nordeste realizou naquele espaço cultural do concelho (casa de infância do escritor), o qual passou a ter, entre outras coisas, uma componente biográfica mais expressiva de João de Melo.

“Garantir conhecimento, informação e inspiração” são características do espaço que José Manuel Bolieiro enalteceu.

João de Melo, acrescentou o Presidente do Governo, “partiu do seu lugar e da sua gente” mas com tem vindo a “enaltecer, honrar e distinguir o seu lugar de nascença e o seu povo” por via da literatura, “forma de expressão talentosa da identidade”

José Manuel Bolieiro deixou ainda a garantia de que o Governo está comprometido com a criação de “oportunidades” que valorizem os escritores e os intelectuais Açorianos.

AA/GRA