Primeiro cidadão portador de deficiência da Região vacinado no Faial

O Vice-Presidente do Governo anunciou, na Santa Casa da Misericórdia da Horta, que foi dado início ao processo de vacinação das pessoas com deficiência da Região que estão institucionalizadas.

“Estamos a proteger quem mais precisa de nós, que são os cidadãos portadores de deficiência. Viemos aqui dar este sinal de solidariedade para com os mais frágeis e para com os que mais precisam de ser protegidos”, afirmou Artur Lima.

Depois de concluída a primeira fase de vacinação em S. Miguel e na Terceira, o processo de vacinação contra a Covid-19 começou hoje na ilha do Faial, onde foi vacinado o primeiro cidadão portador de deficiência da Região.

Na Santa Casa da Misericórdia da Horta, que possui lar de idosos, Centro de Atividades Ocupacionais, Lar Residencial e Cuidados Continuados Integrados, serão vacinados cerca de 150 utentes e 170 trabalhadores.

“Vamos vacinar todos os funcionários e utentes das Estruturas Residenciais para Idosos e os cidadãos portadores de deficiência aqui institucionalizados, sendo que esta fase se estende às restantes ilhas do arquipélago”, referiu.

A primeira vacina contra a Covid-19 na Região foi dada a uma idosa institucionalizada no Centro Social de Idosos de São Francisco Xavier, na freguesia do Raminho, a 31 de dezembro de 2020.

AA/GRA