Programa “Academia Empreendedora” pretende desenvolver competências de empreendedorismo no ambiente escolar

O Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego revelou que o Programa “Academia Empreendedora” pretende desenvolver competências de empreendedorismo no ambiente escolar.

Duarte Freitas falava à margem da sessão de abertura do Programa Academia Empreendedora, no auditório da Escola Básica e Secundária Domingos Rebelo, em que esteve acompanhado pelo Diretor Regional da Juventude, Eládio Braga.

O programa Academia Empreendedora – Escola de Líderes é uma “nova ambição para a abordagem da educação para o empreendedorismo”, destacou Duarte Freitas.

O titular pela pasta da Juventude salientou que os jovens que constituem a Equipa de Líderes têm um “percurso interessante de vida e apresentam competências empreendedoras”, acrescentando que são “referências e modelos reais para os jovens que irão participar no programa, que vão prestar mentoria e aconselhamento aos jovens e vão participar em debates e mesas redondas sobre temas relativos à temática do empreendedorismo”.

Segundo o governante, o programa consiste no desenvolvimento de um percurso formativo em ambiente escolar que desenvolve “competências empreendedoras” nos alunos do 1º ciclo ao secundário e profissional, e que termina num concurso regional de ideias inovadoras.

Da equipa de Líderes fazem parte jovens empreendedores dos 19 concelhos dos Açores ligados a diferentes áreas de atividade que vão desde a vitivinicultura, desporto, indústria artesanal entre outras.

Para além disso, nesta nova edição irá também ser testado um modelo alternativo, em formato b-learning, na aplicação do programa em jovens estudantes universitários, com especial atenção para os estudantes deslocados, avançou.

O Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego realçou ainda que esta iniciativa foca-se em três pilares, como a “formação de alunos, professores e pais; a valorização dos jovens açorianos com um papel reconhecido na sociedade, através da criação dos Líderes e a ligação ao mundo empresarial Açoriano, através da criação da Rede de Parceiros.”

Na sessão de abertura marcaram presença os Presidentes dos Conselhos Executivos das Escolas da Região, bem como Diretores das Escolas Profissionais, também estiveram presentes responsáveis pelas instituições de solidariedade social, que vão colaborar com o Governo dos Açores, e responsáveis de algumas empresas que constituirão a Rede de Parceiros e algumas start-ups, bem como os Líderes e Professores.

AA/GRA