Projeto “9 ilhas dos Açores 9 RUP” em todas as ilhas da Região

A Subsecretaria Regional da Presidência está a promover, até ao próximo mês de maio, a iniciativa “9 ilhas dos Açores 9 RUP”, um projeto para dar a conhecer a realidade ultraperiféricas da Região, que irá percorrer várias escolas de todas as ilhas do arquipélago.

Esta iniciativa da Subsecretaria, que tutela os assuntos europeus, surgiu no âmbito da Presidência dos Açores da Conferência dos Presidentes das Regiões Ultraperiféricas (CPRUP), que terminou em novembro de 2021, e pretende contribuir para uma maior divulgação e conhecimento da realidade ultraperiférica dos Açores e da União Europeia.

O projeto, que será divulgado em todas as ilhas, vai também contribuir para fomentar o interesse dos jovens pelas temáticas europeias e a sua participação em atividades com elas relacionadas.

O “9 ilhas dos Açores 9 RUP” é destinado a alunos desde o 4.º ano do 1.º ciclo até ao 12.º ano de escolaridade das escolas públicas e privadas da Região, bem como dos correspondentes níveis do ensino profissional.

A Escola Profissional APRODAZ, na ilha de São Miguel, recebeu a primeira sessão do projeto, com uma conferência do Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Carlos Amaral, em que participaram cerca de duas dezenas de alunos do curso de Técnico Auxiliar de Saúde. 

Considerando a coincidência entre o número de ilhas do arquipélago dos Açores e o número de Regiões Ultraperiféricas (RUP) da União Europeia (UE), foi atribuída a cada ilha dos Açores uma das 9 RUP, para que os alunos das escolas da Região Autónoma dos Açores elaborem  trabalhos de investigação que poderão assumir a forma de texto ou de ilustração.

A participação é individual e cada aluno poderá participar com o número de trabalhos que entender relativos à Região Ultraperiférica que está atribuída à sua ilha (Corvo – Saint Martin; Flores – Maiote; Faial – Canárias; Pico – Reunião; São Jorge – Martinica; Graciosa – Guadalupe; Terceira – Madeira; São Miguel – Açores e Santa Maria – Guiana).

Os trabalhos devem ser preparados na sequência da formação desenvolvida para o efeito junto das escolas da Região, no primeiro período do ano letivo 2021/2022, e entregues até ao dia 30 de maio de 2022.

Os melhores trabalhos vão ser selecionados por um júri, composto por Berta Pimentel, Maria Margarida Vaz do Rego Machado e Celina do Vale, da Universidade dos Açores, e serão também publicados num livro que terá informação atualizada sobre cada uma das RUP, nomeadamente a sua caracterização do ponto de vista histórico, económico, político e cultural, ilustrado com os trabalhos vencedores de cada ilha.

 Mais informações sobre esta iniciativa podem ser consultadas no Portal do Governo, em https://portal.azores.gov.pt/web/draece/9-ilhas-dos-acores-9-rup.

AA/GRA