Proteção Civil Municipal sensibiliza crianças e idosos para as medidas de autoproteção

O Serviço Municipal de Proteção Civil da Praia da Vitória (SMPCPV) encontra-se a promover a ação de sensibilização “Prevenir e Proteger Depende De Todos Nós” junto de todas as escolas e dos centros de convívio de idosos do Concelho.

A iniciativa visa sensibilizar os mais pequenos e também os mais velhos para a importância do cumprimento das medidas de autoproteção em caso de catástrofe natural, nomeadamente na ocorrência de sismo ou tempestade, dado que estes são os fenómenos meteorológicos adversos mais comuns nas ilhas do arquipélago.

Raquel Borges, vereadora com a competência de Proteção Civil, acredita na importância “da criação de dinâmicas que alertem para a proteção da comunidade, através da potenciação de uma cultura cívica de segurança. Neste sentido, continuamos a trabalhar, enquanto Município, em proximidade com as pessoas sensibilizando-as para as medidas de autoproteção”.

“Esta sensibilização envolve, numa primeira instância, todas as escolas e centros de convívio, sendo o objetivo final abranger toda a comunidade. Existe todo um conjunto de medidas que podem ser cumpridas no sentido de nos protegermos a nós e também ao próximo, complementando, em parte, o trabalho dos agentes de Proteção Civil na salvaguarda do bem-estar e da qualidade de vida da população”, explica a autarca.

Esta iniciativa inclui a apresentação de um vídeo infantil onde é demonstrado o que deve ser feito na eminência de um sismo ou de uma tempestade, caso se encontrem numa habitação, num estabelecimento de ensino ou no exterior; e a entrega de material de apoio escolar, como réguas, blocos de notas e canetas.

Aos idosos foram entregues autocolantes com os contactos de emergência mais pertinentes, assim como panfletos com as medidas de autoproteção em caso de incêndio, de tempestade e de sismo.  

“O SMPCPV tem desenvolvido em estreita colaboração com estas entidades a sensibilização das pessoas, cumprindo as regras estipuladas em tempo de pandemia Covid-19, motivo pelo qual esta campanha será faseada e tendo sempre em atenção a evolução da situação atual, sendo o objetivo alargar à comunidade em geral com novas iniciativas”, refere a edil praiense.

“Manteremos a nossa aposta na viabilização de ações que contribuam para o reforço da qualidade de vida dos munícipes, assumindo a nossa prioridade assente na proteção e na segurança da população, sempre tendo presente que prevenir e proteger depende de todos nós”, conclui.

AA/CMPV