Publicado procedimento para contratação de seis médicos para Unidade de Saúde da Terceira

Após determinação do Governo Regional dos Açores, foi publicado em Diário da República o procedimento de contratação de seis médicos de Medicina Geral e Familiar para a Unidade de Saúde da Ilha Terceira.

A este propósito, o Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, afirma que esta contratação “é mais um passo para o reforço do Serviço Regional de Saúde e para concretizar os compromissos deste Governo no sentido de dotar a Região das melhores condições de saúde, promovendo uma aposta determinada e eficaz ao nível dos cuidados primários, de proximidade e prevenção”.

Clélio Meneses sublinha que “ao contrário do que era afirmado, muitos Açorianos ainda não têm efetivamente médico de família”.

“Só no concelho de Angra do Heroísmo, por diferentes razões, há cerca de 15 mil pessoas sem acesso a médico de família, havendo diversas localidades com maiores dificuldades nesse âmbito. Estamos, por isso, em pouco tempo, a tentar ultrapassar este enorme problema que nos foi deixado e tem causado intensas dificuldades às pessoas”, prosseguiu.

O Secretário Regional da Saúde e Desporto referiu, ainda, que “o esforço deste Governo no sentido de fixar profissionais de saúde na Região consubstancia-se, do mesmo modo, com o reforço dos incentivos já aprovados no último Conselho do Governo ao nível de apoios familiares, de transporte ou de habitação, que visam estimular a estabilidade dos quadros médicos e, desse modo, assegurar melhores cuidados de saúde aos Açorianos”.

Para além deste processo de contratação, estão em curso procedimentos para a contratação de 16 médicos de Medicina Geral e Familiar para a Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, a que acrescem diversos processos para outras ilhas e, de forma significativa, para os hospitais da Região.

AA/GRA