Reforçadas ligações aéreas e marítimas de e para São Jorge

O Presidente do Governo Regional dos Açores anunciou que estão a ser reforçadas as ligações aéreas e marítimas de e para São Jorge de modo a retirar da ilha todas as pessoas que o entendam, em virtude da atual crise sísmica.

“As pessoas que possam, na sua autogestão dos riscos, decidir ausentar-se das ilhas não serão travadas. Pelo contrário, ajudaremos nos meios necessários para a sua deslocação da ilha”, disse, falando na ilha de São Jorge, onde se deslocou para contactar com as autoridades locais e os jorgenses.

Só hoje, para além das duas ligações aéreas programadas, foram definidas três ligações extraordinárias, e pelas 20:00 haverá “uma ligação marítima da Atlânticoline”, acrescentou o governante.

O Presidente do Governo declarou hoje também haver um contacto permanente com o Governo da República, nomeadamente o Primeiro-Ministro, António Costa, sobre a crise sísmica que se sente em São Jorge, mesmo não estando ainda em cima da mesa algum tipo de apoio nesse âmbito.

“Quero deixar bem claro que, por iniciativa do senhor primeiro-ministro, já ontem e hoje de manhã, estivemos ambos em contacto”, tendo António Costa] manifestado “total solidariedade dos meios do Estado para colaborar de acordo com as necessidades que forem necessárias para o apoio”, disse José Manuel Bolieiro.

AA/GRA