Região cedeu em janeiro mais de 42 mil testes rápidos de antigénio às entidades convencionadas 

No passado mês de janeiro, o Governo dos Açores cedeu um total de 42.345 testes rápidos (TRAg) à covid-19 às entidades convencionadas, em cinco ilhas do arquipélago.

A cedência verificou-se através das diversas unidades de saúde de ilha, e só em São Miguel foram cedidos 19.440 testes. Na Terceira 17.640, no Faial 3.160, no Pico 1.305 e 800 foram cedidos em Santa Maria.

Janeiro foi um mês particularmente intenso no que à testagem diz respeito, tendo as 34 entidades com convenções com a Região Autónoma dos Açores desempenhado uma missão importante na estratégia de combate ao vírus SARS-CoV-2, através da realização de testes de despiste, pela metodologia TRAg.

Os testes rápidos de antigénio são disponibilizados a utentes que recorrem às entidades convencionadas, não sendo sujeitos a prescrição médica e devem ser realizados de forma voluntária, livre e esclarecida a todos os utentes, sem limite de idade. 

A periodicidade definida para a realização de rastreio gratuito utilizando os TRAg é superior a 72 horas (três dias), podendo o utente realizar até quatro testes gratuitos por mês. 

Nos pontos de dispensa deverão existir profissionais habilitados a prestar informações/esclarecimentos relativos aos testes em questão.

AA/GRA