Registo diário de sismos em São Jorge diminui mas mantém-se o alerta

Apesar da diminuição significativa da frequência diária de sismos, conforme revelou o CIVISA – Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores, as medidas de vigilância e autoproteção devem ser mantidas pela população.

De salientar que, embora até ao momento se tenham registado apenas de 18 sismos, a situação mantém-se acima do normal e que a questão do estado do tempo, com chuva intensa e veto forte, poderá comprometer a monotorização feita pelos sismógrafos, de acordo com a informação facultada pelo CIVISA. 

Reforça-se a importância das pessoas continuarem a seguir as informações e as recomendações das entidades oficiais, da mesma forma que o SRPCBA irá continuar a desempenhar as suas tarefas, a exercer as suas funções, bem como a sua atividade diária sempre com vigilância.

Assim, mesmo que se verifique redução acentuada no número e intensidade dos eventos, o SRPCBA manterá o seu estado de alerta, vigilância e prontidão em consonância com a partilha de informação científica facultada pelo CIVISA.

Segundo os mais recentes dados disponibilizados pelo Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), ao longo do dia de ontem, 9 de abril, foram contabilizados cerca de 69 eventos (um dos quais sentido pela população). Entre as 00:00 e as 10:00 de hoje foram contabilizados 18 eventos (um dos quais sentido pela população).

Desde o dia 19 de março, até ao momento foram registados 28152 sismos, dos quais 240 sentidos pela população. Pelo exposto, o CIVISA encontra-se em alerta V4.

Toda a informação relativa à crise sismovulcânica pode ser acompanhada e consultada em http://www.ivar.azores.gov.pt/sjorge/Paginas/default.aspx.

AA/SRPCBA