Resgate de tripulante de embarcação de pesca ao largo da ilha S. Miguel

A Marinha, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes) e o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU-MAR), coordenou, desde as 06H12 (horas locais) de  15 de junho, o resgate de um tripulante masculino de 35 anos, de nacionalidade portuguesa, que se encontrava a bordo do navio de pesca “Santo Onofre”, com bandeira portuguesa, a navegar a cerca de 85 milhas náuticas (cerca de 157 quilómetros) a sudoeste da ilha de São Miguel.

O tripulante apresentava um trauma na face e no globo ocular com alterações da visão, a necessitar de cuidados médicos imediatos.

O resgate foi efetuado pela aeronave EH-101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), que transportou o paciente para o aeroporto João Paulo II de Ponta Delgada, na Ilha de São Miguel, tendo aterrado cerca das 11h30 (horas locais). O paciente foi posteriormente transferido para o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada.

Estiveram envolvidos nesta operação o MRCC Delgada, o RCC Lajes, o CODU-MAR, um avião C-295, um helicóptero EH-101 da FAP e uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

AA/CZMA