Retomado serviço descentralizado de atendimento às Comunidades

O Governo dos Açores vai retomar as deslocações do serviço de atendimento público da Direção Regional das Comunidades às ilhas do arquipélago onde não tem presença regular. Este serviço de proximidade começa pela ilha de Santa Maria, já nos dias 27 e 28 de abril.

Depois de mais de dois anos de interrupção devido à pandemia da covid-19, os técnicos da Direção Regional das Comunidades vão voltar a prestar apoio presencial aos utentes para além das ilhas de São Miguel, Terceira e Faial, onde estão instalados os serviços permanentes deste departamento, com gabinetes de atendimento público disponíveis diariamente das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h30.

Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, será o primeiro concelho a receber a retoma desta missão destinada a emigrantes, emigrantes regressados, candidatos a emigrantes e imigrantes, prestando apoio e informações em áreas como pensões no estrangeiro, passaportes, registos consulares ou pedidos de cidadania, entre outros.

Em Santa Maria, o atendimento será realizado no edifício do Instituto da Segurança Social dos Açores, das 09h00-12h30 e das 13h30-16h00 do dia 27 de abril e das 13h30-16h00 do dia seguinte, dando-se prioridade aos utentes com marcação efetuada antecipadamente, através do número 296 204 700.

Depois de Santa Maria, e até ao final do ano, estão previstas deslocações à Graciosa (Santa Cruz da Graciosa), São Jorge (Velas e Calheta), Pico (Madalena e Lajes do Pico), Flores (Lajes das Flores e Santa Cruz das Flores) e Corvo (Vila do Corvo). Para além destas ilhas, os técnicos afetos ao atendimento público na ilha de São Miguel deslocam-se também ao Nordeste e Povoação para prestar apoio aos utentes que residem nos mais afastados concelhos micaelenses.

Em complemento aos serviços presenciais, o atendimento público da Direção Regional das Comunidades é também prestado através de telefone, estando ainda disponível aos utentes as funcionalidades e informações do Guia do Migrante, a plataforma que integra a ação pertinente das entidades públicas e associações no âmbito das atribuições relevantes com vista à plena integração dos imigrantes e que pode ser consultada e acedida em formato impresso, site ou app.

AA/GRA