Ribeira Grande com novos apoios às empresas

O presidente da Câmara da Ribeira Grande anunciou que “está previsto abrirmos um novo período de candidaturas a apoios a fundo perdido durante o próximo mês de maio”, apoio que pretende colmatar as perdas verificadas devido à pandemia.

Alexandre Gaudêncio realçou que “aos apoios a fundo perdido poderão candidatar-se os estabelecimentos comerciais com sede no concelho.” O autarca tornou pública esta decisão durante a entrega dos prémios relativos ao concurso de montras de 2020.

No contato que manteve com os empresários, Alexandre Gaudêncio deixou-lhes uma mensagem de esperança. “Quero deixar uma palavra de esperança para o futuro do comércio local. Perspetiva-se uma retoma na economia, ainda no corrente ano, mas sempre dependente do evoluir da pandemia no concelho”, disse.

Recorde-se que a Câmara da Ribeira Grande já investiu cerca de 210 mil euros em campanhas de consumo no comércio e restauração, estando em vigor até ao final do mês a campanha “Sabores locais à mesa”, iniciativa que contempla um desconto de 25% nas refeições adquiridas nos restaurantes aderentes, possibilitando a entrega gratuita ao domicílio através de uma parceria com a Associação de Táxis de São Miguel.

Alexandre Gaudêncio realçou também que o programa selo covid-free “tem permitido realizar várias campanhas de testagem gratuita aos funcionários dos estabelecimentos que aderiram à iniciativa, permitindo desta forma despistar possíveis casos de infeção pelo novo coronavírus.”

O presidente da Câmara da Ribeira Grande visitou os três estabelecimentos vencedores do concurso de montras acompanhado pelo vereador da Cultura, Filipe Jorge e pelo presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, Mário Fortuna. O atelier Didamary, a loja Arco Íris e o atelier Toque de Magia foram os vencedores.

AA/CMRG