Ribeira Grande inova na oferta museológica

A Câmara da Ribeira Grande assinalou o Dia Internacional dos Museus através de um webinar subordinado à temática “Museus e web: os museus na internet – a realidade virtual”, no qual o presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio, presidiu à sessão de abertura realçando, na ocasião, a inovação que a edilidade e os seus museus têm colocado na oferta museológica.

“Temos sabido adaptar-nos aos novos tempos oferendo novas formas de continuar a divulgar o património museológico da Ribeira Grande. Com a pandemia, a Câmara da Ribeira Grande acelerou a transição digital, também na área cultural, privilegiando uma maior interação entre os espaços museológicos e as pessoas através das novas tecnologias”, realçou Alexandre Gaudêncio.

O presidente da autarquia deu como exemplo “as visitas virtuais, através da ferramenta Matterport, ou as iniciativas que têm sido promovidas com transmissão em direto dos eventos através das redes sociais, conseguindo desta forma chegar a mais pessoas”.

Acompanhado pelo vereador da Cultura, Filipe Jorge, anunciou ainda que foi deliberado pela autarquia “isentar o pagamento de entrada nos museus da Ribeira Grande até final do ano, como forma de promover a nossa identidade local, mas também para convidar os ribeiragrandenses e quem nos visita a explorar os nossos museus”.

O evento foi promovido pelo Museu Vivo do Franciscanismo e teve como palestrantes João Mourão (diretor do Arquipélago), Deolinda Estevão (diretora do Ecomuseu do Corvo), Maria Manuela Velasquez (técnica superior do museu de Angra do Heroísmo) e Sónia Moniz (chefe de divisão da Cultura e Desporto da Câmara da Ribeira Grande). O debate foi moderado por Elisa Gomes, técnica superior do Museu Vivo do Franciscanismo.

AA/CMRG