Ribeira Grande integra Rede Nacional de Cidades Circulares

A cidade da Ribeira Grande integra a Rede Nacional de Cidades Circulares, anunciou o presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio. A rede, denominada de RURBAN conta com oito parceiros nacionais e é liderada pelo município do Fundão.

O arranque da rede foi assinalado através de uma reunião realizada por videoconferência, na qual Alexandre Gaudêncio marcou presença e realçou a importância que a adesão ao projeto irá trazer para a Ribeira Grande.

“Para além da notoriedade que poderemos alcançar, a partilha de ideias e o financiamento de projetos inovadores nas áreas estratégicas da transição digital, inclusão social e economia circular, são fundamentais para o futuro da Ribeira Grande”, disse.

Alexandre Gaudêncio acrescentou que a rede “poderá beneficiar de financiamento a 75% do Fundo Ambiental até um montante máximo elegível de 264 mil euros através da Iniciativa Nacional Cidades Circulares.”

A Rede Nacional de Cidades Circulares está orientada, em particular, para o tema prioritário relações urbano-rurais e, complementarmente, para os temas transversais transição digital e equidade e inclusão social.

Para além da Ribeira Grande e do Fundão, integram a rede os municípios de Bragança, Câmara de Lobos, Guimarães, Penela, Reguengos de Monsaraz e Lisboa e-Nova – Agência de Energia-Ambiente de Lisboa.

AA/CMRG