São Jorge recebeu ação de capacitação sobre instrumentos de Turismo Seguro

A Secretaria da Saúde e Desporto, através do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores e a Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Transporte através da Direção Regional de Turismo, promoveram, na ilha de São Jorge, durante os dias 24 e 25 de maio, uma Ação de Capacitação no âmbito da Aplicação Prociv – Alert4you, que incluía ainda ações de esclarecimento sobre o “Voucher Welcome to São Jorge” e sobre a rede PRIS, implementada nos percursos pedestres dos Açores.

Esta ação, que contou com a presença do Presidente Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, Eduardo Faria, e da Diretora Regional do Turismo Açores, Rosa Costa, foi dirigida ao setor do turismo, abrangendo todos os profissionais e empresas, que estão em contacto direto com o turista, sendo que, durante estes dois dias, tiveram lugar três sessões, duas no Auditório Municipal das Velas e uma no Auditório do Museu Francisco de Lacerda, na Calheta.

A aplicação ALERT4YOU – Turismo Seguro, apresentada no passado mês de março, é uma ferramenta que visa garantir, não apenas a comunicação em tempo real de avisos relacionados com possíveis fenómenos e situações de emergência, como sismos, incêndios, enxurradas, tempestades e outros, mas também a capacitação das empresas do turismo para comunicar e dar resposta aos seus clientes perante a existência desses possíveis fenómenos.

Estas ações de capacitação sobre esta aplicação serão disponibilizadas em todas as ilhas dos Açores e visam habilitar os profissionais ou empresas turísticas a lidar com situações de emergência, dentro dos parâmetros de ação e reação definidos pela proteção civil, sendo que no final será atribuída pela Direção Regional do Turismo, a certificação da mesma aos participantes, mediante prévia candidatura e após obtenção de certificado de formação profissional a ministrar pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

A par desta ação de capacitação, foram realizadas ações de esclarecimento sobre o “Voucher Welcome to São Jorge”, lançado no passado dia 17 de março, com vista a incentivar as viagens para São Jorge, de forma a aumentar os fluxos turísticos para esta ilha e a estimular o consumo nas empresas do setor do turismo local, e ainda sobre a rede PRIS – Plano Rápido de Intervenção e Socorro, que está a ser implementada nos percursos pedestres da região, e que consiste na colocação de postes de sinalética de trilhos georreferenciados de 500  em 500 metros, ao longo dos percursos, de modo a facilitar a utilização mais adequada dos meios de socorro até à localização do pedestrianista, em caso de haver necessidade de resgate.

Todas estas iniciativas visam contribuir e reforçar a promoção e valorização do turismo nos Açores enquanto destino turístico seguro, junto dos mercados emissores e de todos aqueles que visitam o arquipélago, com especial ênfase na Ilha de São Jorge, atendendo às atuais circunstâncias, de forma a minimizar o impacto da crise sismo-vulcânica sobre a economia local.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, em articulação com os Serviços Municipais de Proteção Civil das Câmaras Municipais de Velas e de Calheta, bem como com o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores, considera que, tendo em conta as ações realizadas, anteriormente mencionadas, e a capacidade de meios instalada no terreno, estão reunidas as condições para viajar para a ilha de São Jorge.

Apesar da baixa magnitude registada, assim como do reduzido número de sismos sentidos, considera-se que a situação é anormal, recomendando-se, por isso, que a população local e os visitantes se devem manter atentos às informações e recomendações emitidas pelas entidades oficiais, devendo ter presentes as medidas de autoproteção a adotar.

AA/GRA