São Roque associa-se a projeto de promoção turística através da cultura

Um grupo de jornalistas de vários órgãos de comunicação social de expansão nacional, entre os quais a TVi, SAPO, Rádio Renascença, Sábado e Visão, deslocou-se dia 13 de novembro à ilha do Pico para participar num novo produto turístico de índole cultural designado ‘Açores dos Escritores – Viagem Cultural’.

Contando com o apoio do Município de São Roque, da Associação de Turismo dos Açores e da Direção Regional de Turismo, o projeto promovido no âmbito de uma parceria entre a agência de viagens ‘MBTravel’ e a empresa ‘Luís Daniel, Unipessoal, Lda’, pretende apostar num produto turístico em época baixa, nomeadamente entre os meses de outubro e março de cada ano.

Dirigido ao mercado nacional, o novo produto cultural baseia-se em proporcionar experiências nas obras literárias ambientadas nos Açores e nos próprios autores, açorianos ou não, que se inspiraram nas ilhas, na sua cultura e natureza, para dar corpo às obras.

A ideia assenta na criação de circuitos quase interativos, que envolvem representação, música, luz, contando com a colaboração de autores, escritores, artistas, entre outros.

Durante a presença no Pico a organização homenageou Vitorino Nemésio, Antonio Tabucchi, Dias de Melo, Almeida Firmino, Romana Petri e Raul Brandão, criando diversos momentos culturais para recordar os escritores e as suas obras.

As ações dividiram-se entre o Porto Velho da Madalena para recordar ‘Mau Tempo No Canal’, de Vitorino Nemésio; o lugar dos Arcos, em Santa Luzia, onde foi abordado o livro ‘A Senhora dos Açores’, da escritora italiana Romana Petri; e a recreação junto à antiga fábrica da baleia, no Cais do Pico, da partida para o mar dos baleeiros, lembrando assim ‘Mar pela Proa’ de Dias de Melo. Esta ação juntou no bote baleeiro um cantor lírico oriundo da Ucrânia, que interpretou ‘Ave Maria’ de Schubert.

O poeta do Cais, Almeida Firmino, e a sua obra ‘Narcose’ não foram também esquecidos durante esta iniciativa, que abordou no Museu dos Baleeiros o trabalho do escritor Dias de Melo e a sua relação com a baleação açoriana.

Depois do Pico, o novo produto turístico pretende chegar às ilhas de São Miguel e Terceira.

AA/CMSRP