Secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas assinala 35.º aniversário do Jardim Botânico do Faial

O Secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas assinalou hoje os 35 anos de existência do Jardim Botânico do Faial, com uma visita àquela estrutura que pertence ao Parque Natural do Faial.

Na ocasião, Alonso Miguel teve a oportunidade de conhecer o mural que reproduz plantas endémicas do Arquipélago, realizado pelo Projeto Moviment’arte da APADIF – Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial. 

No âmbito daquela iniciativa, o responsável pela pasta do Ambiente congratulou o trabalho realizado pelos utentes, afirmando que o Jardim “ficou mais enriquecido com o mural pintado pela APADIF”. 

As coleções deste Jardim, indicou o governante, “concentram cerca de 53 % das espécies endémicas da flora açoriana, encontrando-se aqui espécies muito raras” .

O Secretário Regional anunciou ainda que o Jardim Botânico “tem também um polo de Pedro Miguel que será requalificado pelo Governo Regional.

Segundo Alonso Miguel, “o projeto de requalificação está a ser ultimado e irá avançar ainda durante este ano, tal como anunciado no âmbito da discussão do Plano e Orçamento da Região”.

Nesse mesmo polo está também a ser recuperado um habitat de floresta Laurissilva com seis hectares.

O Jardim Botânico do Faial desenvolve ações de conservação das espécies e habitats naturais da Região, nomeadamente através do Viveiro de Plantas Raras e do Banco de Sementes, ao mesmo tempo que contribui para a divulgação do conhecimento, educação ambiental e investigação científica.

Estão também aqui recriados habitats definidos na Rede Natura 2000 e outras plantas ligadas à cultura e história açoriana, bem como uma coleção de orquídeas em exposição no Orquidário dos Açores.

AA/GRA