Segurança na rede informática do HDES totalmente normalizada em duas semanas

A Secretária Regional das Obras Públicas e Comunicações do Governo dos Açores revelou que dentro de duas semanas será reposta a normalidade na segurança da rede informática do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES).

“Neste momento, estão reunidas as condições para avançar, de uma forma mais célere e segura, com os trabalhos em falta, que permitirão restabelecer a totalidade dos sistemas no HDES, com uma estimativa de prazo de execução de mais duas semanas”, anunciou a Secretária Regional.

Ana Carvalho falava durante uma conferência de imprensa, em que se fez acompanhar pelo Diretor Regional das Comunicações, Pedro Batista, dedicada a esclarecer o incidente de segurança informática no HDES ocorrido no passado mês de junho.

Em resposta aos problemas detetados, a Secretaria Regional das Obras Públicas e Comunicações, a Secretaria Regional da Saúde e Desporto e o Conselho de Administração do HDES tomaram a decisão conjugada “inadiável de isolar informaticamente o Hospital ao nível do ciberespaço e da restante rede do Governo Regional”, avançou Ana Carvalho.

De acordo com a informação recolhida neste processo, a Secretaria Regional constatou que o Hospital de Ponta Delgada “não dispõe ainda dos recursos humanos especializados e das ferramentas tecnológicas mais modernas e mais adequadas às exigências atuais”, acrescentou ainda.

Para tal, a governante garantiu que o Governo Regional vai disponibilizar “a verba de dois milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência para a segurança do ciberespaço do Governo da Região Autónoma dos Açores”.

Em nome do Executivo Açoriano, Ana Carvalho enalteceu a “resiliência, a capacidade de superação e o esforço de todos os profissionais do HDES, como também a compreensão dos utentes e fornecedores”, observada durante as últimas cinco semanas, e deixou também uma palavra de apreço ao Conselho de Administração do Hospital do Divino Espírito Santo por não desvalorizar o acontecimento.

AA/GRA