Serralves expõe no Centro Municipal de Cultura “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa”

A exposição da Fundação de Serralves “Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” vai estar patente na Galeria do Centro Municipal de Cultura de 20 de maio a 28 de agosto.

A mostra, composta por uma seleção de obras da Secretaria de Estado da Cultura em depósito no Museu de Arte Contemporânea de Serralves e com curadoria de Marta Moreira de Almeida e Joana Valsassina, pode ser visitada de segunda a sexta-feira, de 09h00 às 17h00, e aos sábados, entre as 14h00 e as 17h00,

“Corpo, Abstração e Linguagem na Arte Portuguesa” representa, por um lado, os primórdios da constituição da Coleção de Serralves e, por outro, uma perspetiva muito singular sobre arte produzida em Portugal entre as décadas de 1960 e 1980.

As obras expostas, de Álvaro Lapa, Ana Jotta, António Dacosta ou Salette Tavares, entre outros autores, demonstram importância que a pintura e a escultura tiveram ao longo deste período na renovação das linguagens artísticas em Portugal.

“As obras escolhidas atestam os diversos níveis de diálogo e confluência formais que os artistas portugueses do pós-guerra souberam estabelecer entre si e com o contexto internacional”, refere a sinopse da exposição que será inaugurada pela Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Maria José Lemos Duarte, no dia 20 de maio.

A mostra pode ser apreciada de segunda a sexta-feira, de 09h00 às 17h00, e aos sábados, entre as 14h00 e as 17h00.

A Câmara Municipal de Ponta Delgada celebrou uma parceria com a Fundação de Serralves em junho de 2010, sendo, desde então, a única Câmara Fundadora de Serralves nos Açores, tendo em vista a afirmação dos interesses de Ponta Delgada e dos seus cidadãos no que à promoção da cultura contemporânea e à sensibilização ambiental diz respeito.

A Coleção de Serralves centra-se na arte contemporânea produzida desde os anos 1960 até à atualidade, distinguido-se pela perspetiva internacional que proporciona sobre a arte portuguesa produzida desde esse período histórico de mudanças políticas, sociais e culturais a nível planetário.

AA/CMPD