Sessão solene comemorativa do feriado municipal – São João da Vila

A Sessão Solene comemorativa do Feriado Municipal – São João da Vila teve lugar a 24 de junho, no Centro Cultural de Vila Franca do Campo. Na cerimónia, foi atribuída a Medalha de Ouro do Município ao Centro de Saúde de Vila Franca do Campo, em reconhecimento pelo esforço e dedicação que, particularmente durante a conjuntura de pandemia, revelaram todos os profissionais da área da saúde.

Por sua vez, o Clube de Futebol Vasco da Gama foi distinguido com a Medalha de Mérito Municipal (Desportivo), na sequência da conquista do Campeonato de São Miguel de Futebol (escalão sénior) e o orador convidado da sessão, Dr. Francisco Assis (Presidente do Conselho Económico e Social), foi agraciado com a Chave de Honra do Município.

Na abertura da sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo afirmou que “é hoje consensual, termos uma gratidão para com os profissionais de saúde, que nos ajudam a ultrapassar a pandemia e que convivem de perto com aqueles que contraíram o vírus”.

“Presenciei o trabalho dos nossos profissionais de saúde no Concelho, a contribuição que deram para o bem-estar das nossas populações, pelo que nos honra atribuir esta distinção ao Centro de Saúde de Vila Franca do Campo”, acrescentou, reconhecendo que o trabalho que os elementos do Centro de Saúde desempenham, engrandece o Concelho.

Em relação à distinção ao Clube de Futebol Vasco da Gama, o Edil Vila-franquense frisou que as associações que se dedicam ao desporto “têm um relevante papel na formação dos nossos jovens, um papel dignificante porque os ocupa em atividades úteis e que contribuem para a sua instrução e desenvolvimento harmonioso”.

Ao sucesso desportivo, observou, não são alheias as instalações desportivas que o Concelho dispõe, destacando a recente recuperação do Parque Recreativo e de Lazer da Mãe de Deus, que proporcionou condições para que, neste caso, o C.F. Vasco da Gama pudesse desenvolver a sua atividade e obter uma conquista desportiva inédita em 70 anos de existência.

Já o orador convidado, fez uma reflexão sobre as questões essenciais que se vão colocar a Portugal, do ponto de vista económico e não só, no período pós-Covid, onde considerou que um dos grandes desafios para o país será a capacidade, quer pública, quer privada, de absorção de um volume financeiro muito significativo de forma que esses apoios financeiros (do Plano de Recuperação e Resiliência) contribuam para uma efetiva modernização do país.

Francisco Assis concluiu a sua intervenção desejando os maiores sucessos para os Açores, “uma Região que vai ser cada vez mais de maior importância para o conjunto do território português”.

A encerrar a sessão, o Presidente do Governo Regional dos Açores sublinhou que, dada a pandemia, o feriado municipal fez-se com dedicação à “evocação” e não ainda em “celebração festival” e destacou a “fibra da Açorianidade” existente no Concelho, valorizando a “resiliência e tenacidade” do seu povo que ao longo dos anos foi ultrapassando “tantas dificuldades”.

Para José Manuel Bolieiro, os municípios e poder local “dão lições” a todos “pela proximidade” junto das suas populações e pela procura de um “desenvolvimento de parcerias” e com “causas comuns”.

AA/CMVFC