Sintap assina nova convenção coletiva de trabalho com URMA

O SINTAP chegou finalmente a acordo com a URMA, União Regional das Misericórdias dos Açores, tendo conseguido obter aumentos nos salários e noutras matérias de expressão pecuniária para o corrente ano.

Em ano de pandemia, em que os trabalhadores das Misericórdias foram chamados para a linha da frente no combate ao novo coronavírus, assegurando as solicitações acrescidas ao funcionamento destas instituições, o SINTAP conseguiu negociar e assinar com a URMA aumentos de 1% nos salários, subsídio de refeição e diuturnidades, abrangendo assim um universo de mais de 2.000 trabalhadores, das 23 Misericórdias dos Açores.

Foi também conseguido a revalorização profissional e remuneratória de algumas categorias profissionais e criação de uma nova categoria profissional de Cuidador Social.

Após as assinaturas de ambas as partes, o documento segue pra depósito na Direção dos Serviços do Trabalho para publicação no Jornal Oficial.

Os aumentos salariais e de matérias de expressão pecuniária produzem efeitos retroativos a 1 de junho de 2020.

O acordo agora alcançado abrange somente os trabalhadores sindicalizados no SINTAP, bem como aos trabalhadores que durante a vigência do mesmo se venham a filiar no sindicato outorgante, conforme prevê a cláusula 1ª do texto do Contrato Coletivo de Trabalho.

AA/Sintap