Sintap chega a acordo com União das Misericórdias

O SINTAP, Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos, chegou a acordo com a URMA, União Regional das Misericórdias dos Açores, relativamente a aumentos salariais e do subsídio de  refeição dos respetivos trabalhadores, após um longo mas profícuo processo negocial.

Os aumentos salariais conseguidos correspondem a 2,5% da massa salarial da Tabela Remuneratória Mínima em vigor, produzindo efeitos retroativos a 1 de julho de 2021, cobrindo assim o 2.o semestre do ano transato e todo o ano de 2022.

Segundo o sindicato, foi conseguido, ainda, um aumento de 3,7% do subsídio de refeição, o qual passará a ser de 4,70€ entre 1 de julho a 31 de dezembro de 2021 e de 4,77 € a partir de janeiro do corrente ano.

Também foi aceite a nossa proposta de retirar 6 dos 7 níveis remuneratórios que tinham sido “absorvidos” pela Retribuição Mínima Mensal Garantida (RMMG), passando apenas o valor do último nível remuneratório a ser coincidente com o valor igual da RMMG para o corrente ano.

Recorda o sindicato que os aumentos salariais e do subsídio de refeição agora conseguidos só se aplicam aos associados ou aos trabalhadores que se venham a filiar nos sindicatos outorgantes do acordo coletivo de trabalho.

AA/Sintap