Sintap ouve trabalhadores da RIAC

Em comunicado, o SINTAP relembra que há uns anos a esta parte, tem apoiado a justa reivindicação e luta dos trabalhadores da RIAC (Rede Integrada de apoio ao Cidadão) no sentido de ser reconhecida a complexidade, abrangência e responsabilidade das suas funções através da criação de uma carreira especial, numa primeira fase, ou de um suplemento remuneratório, nesta fase.

Na sequência da solidariedade demonstrada pelos responsáveis do atual Governo Regional, antes, durante e após a campanha eleitoral, para com as justas reivindicações destes trabalhadores no sentido da valorização profissional e remuneratória das suas funções particularmente exigentes, o SINTAP pediu a reabertura do respetivo processo negocial, tendo apresentado, há mais de 1 mês, uma proposta concreta de criação de um suplemento remuneratório no valor de 25% da sua remuneração de base, a qual não mereceu até agora qualquer resposta.

Por isto mesmo, o SINTAP enviou à Secretária Regional das Finanças, Planeamento e Administração Pública, com conhecimento à Presidência do Governo Regional, um ofício protestando pelo o facto do prazo legal de resposta ter findado no dia 20 de junho sem que nada tivesse sido dito.

“Assim, o SINTAP faz saber e torna público que vai promover, de imediato, a auscultação dos trabalhadores da RIAC com vista a saber da sua vontade quanto a formas de protesto e de luta a adotar na defesa desta sua justa reivindicação, procurando ao mesmo tempo solicitar audiências aos partidos políticos com assento parlamentar que permitam apoiar a criação de um suplemento remuneratório que reconheça e faça finalmente justiça a estes trabalhadores”, lê-se no comunicado.

AA/Sintap