Todas as casas do concelho de Lagoa vão ter um ecoponto próprio

A Câmara Municipal de Lagoa começou, em pleno dia mundial do ambiente, a distribuir, gratuitamente, ecopontos domésticos compostos por três contentores de 35 litros, todos identificados com chip, na freguesia da Ribeira Chã.

Num investimento de 583 mil euros, financiado pelo POAçores2020, que permite dar continuidade à aposta do município no sistema de recolha de resíduos porta-a-porta, com especial atenção à fração reciclável, pretende que os todos os munícipes do concelho possam, mais facilmente, separar os seus resíduos. No mesmo âmbito, irão ainda ser cedidos compostores domésticos e ecopontos de maiores dimensões para a indústria e comércio, além do reforço de ações de sensibilização ambiental.

A presidente da Câmara Municipal de Lagoa marcou presença neste primeiro dia de entrega dos ecopontos e reconheceu a reação positiva das pessoas, adiantando que “simbolicamente iniciamos a distribuição no dia mundial do ambiente, mas será uma tarefa a desenvolver nas próximas semanas, abrangendo todas as habitações do concelho, e que permitirá, certamente, aumentar os níveis de separação de resíduos”.

Todos os moradores que não recebam os ecopontos nas campanhas de distribuição de rua ou necessitem de mais esclarecimentos devem contactar o gabinete de ambiente da autarquia ou as juntas de freguesia.

Recorda a edilidade que o serviço de recolha porta-a-porta está disponível em todo o concelho, sendo recolhidas as embalagens de papel, plástico e metal às segundas e quintas-feiras e as embalagens de vidro às quartas-feiras.

O Centro de Educação e Formação Ambiental de Lagoa, no âmbito do seu plano e programa bandeira azul, também se associou a esta distribuição de ecopontos como forma de assinalar o Dia Mundial do Ambiente.

AA/CML