Todos os concelhos de São Miguel vão passar a Alto Risco de contágio por covid-19

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, reiterou que a situação epidemiológica em São Miguel, com a pandemia de covid-19, “está controlada”, sabendo-se “onde estão” os problemas, sendo que, no atual contexto e com os dados atualizados, todos os concelhos da ilha de São Miguel irão passar à situação de Alto Risco de contágio.

“Numa ilha com metade [três em seis] dos concelhos em Alto Risco e com os números que vão surgindo, confirma-se que São Miguel ficará em Alto Risco”, sublinhou o governante, que se deslocou à ilha Graciosa. 

Clélio Meneses promove nesta ilha uma conferência de imprensa onde esta e outras medidas de combate à pandemia serão comunicadas.

O governante teve uma visita de trabalho ao Centro de Saúde e Unidade de Saúde de Ilha da Graciosa, acompanhado pelo Diretor Regional da Saúde, Berto Cabral.

Com um novo conselho de administração já em funções, a Unidade de Saúde de Ilha e o Governo Regional procuram agora colmatar dificuldades crónicas sentidas no Centro de Saúde em Santa Cruz, onde os problemas estruturais no edifício se acentuaram nos últimos anos.

Clélio Meneses garantiu também estar em marcha o processo de contratação de novos enfermeiros para apoiar na vacinação contra a covid-19, bem como a deslocação à Graciosa de médicos especialistas do Hospital de Santo Espírito, da Ilha Terceira.

O Conselho de Administração da Unidade de Saúde de Ilha da Graciosa é presidido por Laura Clarimundo, tendo como vogais Marta Quadros e Adolfo Vasconcelos, este último a iniciar funções no dia 1 de maio.

Por outro lado, o Secretário Regional da Saúde e Desporto expressou satisfação pelo facto de no final desta semana 33% dos graciosenses terem beneficiado da primeira inoculação da vacina contra a covid-19, sendo que 13% teve a segunda inoculação, ficando a primeira fase do plano concluída nesta ilha até ao final deste mês.

AA/GRA