Velas mantém aposta na recolha seletiva

O Município de Velas, ilha de São Jorge, continua a registar uma evolução positiva na recolha seletiva de resíduos urbanos desde 2018, altura em que adotou uma forte aposta na promoção da recolha seletiva no concelho, tendo-se vindo a registar um aumento substancial de resíduos recicláveis.

Em 2021, o Município atingiu os 24,98% de taxa de recolha seletiva com um total de 515,7 toneladas de resíduos recolhidos. O vidro foi a resíduo com maior recolha com 187,9 toneladas, seguido do papel com 183,6 e do plástico com 144,2.

Em termos dos resíduos sólidos urbanos (RSU) não reciclados, em 2021 foram recolhidas 2134,9 toneladas.

Face aos dados, o executivo camarário deixa um agradecimento aos Munícipes pelo facto de promoverem as boas práticas na separação dos resíduos, sendo importante continuar este longo caminho que ainda temos a percorrer.

De recordar que a gestão dos resíduos é uma forte preocupação do Município de Velas, sendo que promover a reciclagem é fundamental para garantir um futuro promissor em termos ambientais e de qualidade de vida da população, revela a edilidade.

AA/CMV