Workshop de compostagem

Com o objetivo de reduzir o desperdício alimentar e despertar a consciência da comunidade para a importância da correta gestão dos resíduos orgânicos, realizou-se esta semana na Câmara Municipal de São Roque do Pico um workshop de compostagem doméstica orientado por Sofia Matos.

Promovida pela Câmara Municipal de São Roque, em parceria com a Associação de Municípios de Ilha do Pico, a iniciativa incidiu numa componente essencialmente prática permitindo aos 20 participantes adquirir novos conhecimentos sobre a necessidade de se fomentar a valorização dos biorresíduos, abordando, também, o caminho a dar, por exemplo, às sobras dos alimentos e às aparas do jardim, e como transformar a matéria orgânica restante em fertilizante.

Com inscrições limitadas, a formação que gerou enorme interesse entre os participantes, assentou essencialmente em ações práticas que permitiram transmitir novos conhecimentos de como se deve processar a compostagem doméstica e os erros a evitar.

A compostagem doméstica é um processo biológico, que qualquer um de nós pode fazer em casa, em que os microrganismos transformam a matéria orgânica num material semelhante ao solo, a que se chama composto. Esse composto atua como adubo orgânico, contribuindo para melhorar a estrutura do solo e a resistência das plantas, tendo uma ação positiva na qualidade dos vegetais.

Além de todas as vantagens para quem cultiva alimentos biológicos, a compostagem doméstica é ainda um modo de combater o desperdício alimentar e o processamento de resíduos.

AA/CMSRP